Um show de mãe

E nesse dia, nada mais justo do que homenagear aquela que nos aguenta com todas as nossas manias e sede de conhecer o mundo. A mais bela das criaturas. ô missão! : as mamães.

Aproveito pra divulgar aqui as imagens encaminhadas pelos amigos de Belém do Show Cantiga de Mãe realizada no derradeiro dia 07 – simplesmente um espetáculo recheado de carinho e amor – que só mãe sabe dar né?

e +:  A Tv Nazaré canal 30 vai exibir o show Cantiga de Mãe dia 10 de maio(domingo) as 21h.

Felicidades as mamães leitoras desse blog. DSC02430

Marianne Lima

Marianne Lima

Show Cantiga de Mãe

Show Cantiga de Mãe

Fotos: Fábio Bastos, Bruno Assis e Carminha

Belém – PA

Anúncios

Divulgação: Cantiga de mãe

Quem foi que disse que a União faz a força? Acertou em cheio!

Veja abaixo os blog que já fizeram a publicação do banner do Show Cantiga de Mãe que acontece amanhã em Belém.

Argentino Neto
http://ideiasemarteeducacao.blogspot.com/

Hiroshi Bogéa
http://hiroshibogea.blogspot.com/

Olinto Vieira
http://www.olintovieira.blogspot.com/

Musica Paraense
http://musicaparaense.blogspot.com/

Blog da Amazônia Oriental

http://amazoniaoriental.blogspot.com/

Show “Cantiga de Mãe”

Com Lucinnha Bastos, Andréa Pinheiro e Marianne Lima
Direção Musical: Luiz Pardal

Data: 7 de Maio (quinta-feira)
Local: Theatro da Paz
Hora: 20h
Ingressos: R$20,00 e R$ 10,00 (1/2 entrada)

Cantando para mães e filhos

Cantiga de Mãe

Cantiga de Mãe

No contexto comemorativo do Dia das Mães, as cantoras Lucinnha Bastos, Andréa Pinheiro e Marianne Lima apresentam o show “Cantiga de Mãe”, uma homenagem musical a todas as mães, no próximo dia 07 de maio no Theatro da Paz. As três cantoras interpretarão uma  coletânea de canções especialmente selecionadas para a data, que falam poeticamente da relação mãe e filho, em diversos enfoques.

No repertório, composições de grandes nomes da música brasileira, como: Cartola, Pixinguinha, Luiz Vieira, Milton Nascimento, Chico Buarque, Joyce, Ivan Lins, Altair Veloso, Sérgio Santos, Toquinho, Marisa Monte, a paraense Maria Lídia, dentre outros. A idéia central de “Cantiga de Mãe” é, portanto, fazer um apanhado de canções de qualidade, de bons compositores, que reverenciem as mães e a figura da mulher, além de várias cantigas que expressam a pureza do sentimento da mãe para com seus filhos.

Esta é a primeira vez que um grupo de cantoras paraenses   reúne-se para homenagear o dia das mães: Lucinnha Bastos, Andréa Pinheiro e Marianne Lima, que também são mães, interpretarão além das canções,  poemas e cantigas que marcaram as suas experiências com a maternidade, celebrando durante todo o espetáculo a beleza do amor materno, nas  suas várias formas. O show contará também com a participação especial da cantora lírica Martha Serrano, mais uma mãe, que dará o brilho de sua interpretação erudita a duas canções do show.

As cantoras serão acompanhadas por um time de alta qualidade: Jacinto Kawhage (teclado), Príamo Brandão (baixo) e  Edvaldo Cavalcante (bateria), sob a direção musical de Luiz Pardal, que tocará teclado, violino e bandolim.

CONTATOS:

Marianne Lima – 8228-2010 / 3276-6336
lima.marianne@gmail.com
marianne-lima@uol.com.br

Continuar lendo

Amazônia Doc abre inscrições para oficinas

Começam hoje as inscrições para os workshops e oficinas de audiovisual e ainda para o seminário “Uma História do Cinema Documentário Pan- Amazônico”, atividades que compõem a programação do 1º Festival Pan-Amazônico de Documentários – Amazônia Doc, que acontece entre 22 e 26 de abril, no teatro Maria Sylvia Nunes, da Estação das Docas, e em outros espaços da cidade.
Glauber Rocha e o Cinema Novo colocaram o Brasil em destaque no cenário internacional da Sétima Arte na década de 1960.

Glauber Rocha e o Cinema Novo colocaram o Brasil em destaque no cenário internacional da Sétima Arte na década de 1960.

A programação é gratuita e as inscrições devem ser feitas através do site. As vagas são limitadas. Serão duas oficinas e três workshops: de 20 a 26 de abril, oficina “Desenvolvimento de Projetos e Experiência de Pitching”, com o premiado documentarista Victor Lopes, das 9h às 12h, no Instituto de Artes do Pará (IAP); dias 24 e 25 de abril, workshop “Documentário e Animação”, com um dos criadores do festival Anima Mundi, Marcos Magalhães, de 9h às 12h e das 15h às 18h, também no IAP; de 24 a 26 de abril, workshop “Produção de Documentário sobre Meio Ambiente”, com Cláudio Savaget, dono da produtora que realiza o “Globo Ecologia”, das 9h às 12h, na Fundação Curro Velho; de 23 a 25 de abril, workshop “Direção para Documentários”, com o diretor Eduardo Escorel, das 9h às 12h, na Casa da Linguagem; e de 25 a 29 de abril, a oficina “Cinema é Documento”, no Instituto de Ciências e Artes da Universidade Federal do Pará (ICA/UFPA), das 9h às 12h, com Joel Pizzini, que além de genro de Glauber Rocha, já fez várias releituras das obras do falecido cineasta.

O seminário “Uma História do Cinema Documentário Pan- Amazônico” terá presença do cineasta José Carlos Avellar, do escritor Fernão Pessoa Ramos e do professor de cinema Eduardo Morettin, entre outros. Mais informações no site www.amazoniadoc.com e ainda pelo telefone (91) 3243-1782.

Fonte: Diário do Pará