Bons meninos


“Ele é um bom menino”. Era o que todos diziam. “Bons meninos não brincam com os sentimentos alheios”. Dizia pra si ao lembrar a ausencia do ultimo adeus. Nem beijo e nem sorriso. O bom menino simplesmente fechou a porta e saiu. Deixou-a ali trancada com seus sentimentos – agora confusos dentro da cabeça e coração dela. Ficaram também vazios desde que seu amor foi embora dentro do peito daquele menino.

Ela não desistiu do amor. Mas deixou de acreditar em bons meninos.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s