Oliveiras [05.12]


Abaixo um texto carinhoso que recebi do meu amigo, conselheiro, professor e colega de profissao Jota Ninos, pela passagem de mais uma das muitas primaveras que virao na minha vida. =D. Fico lisongeada com o seu carinho e dos colegas de curso que se manifestaram no nosso grupo de emails. Meu carinho pra voces e a gente se esbarra…

De seus frutos, as azeitonas, os homens no final do período neolítico aprenderam a extrair o azeite. Este óleo era empregado como unguento, combustível ou na alimentação, e por todas estas utilidades, tornou-se uma árvore venerada por diversos povos.

E-mail:

Soube que a Juliane Oliveira aniversaria domingo. Por ter sempre acompanhado seu crescimento na produção de textos (muito embora a praia dela não seja o jornalismo tradicional, das redações), tenho procurado incentivá-la em sua produção. Da mesma forma que sempre tento dar apoio a outros colegas.
Em sua homenagem, pelo 25 anos, enviei à ela este texto (acho que ficou interessante… modéstia parte) que socializo com o grupo:

Tradicionalmente, Oliveiras são milenares. Dizem que existem Oliveiras com mais de 2.500 anos na Palestina, talvez até Cristo tenha  iniciado sua agonia cruciante perto de uma delas…

Oliveiras têm crescimento relativamente lento e, segundo pesquisadores, alguns espécimes passam “por um período improdutivo de quatro anos”, mas em condições favoráveis podem dar frutos ainda no quinto ano de vida!

Oliveiras, segundo essas mesmas pesquisas, desenvolvem-se completamente aos 20 anos e na maturidade, produzem dos 35 aos 150 anos!. Só à partir desta idade, dizem as pesquisas, é que “a produção da oliveira torna-se irregular o que provoca o seu envelhecimento”.

É lógico que estou falando da oliveira, árvore-símbolo da minha segunda terra natal, a Grécia. Mas não resisti de usar isso para homenageá-la antecipadamente pelo seu aniversário. Inda mais que você é uma Oliveira antecedida de um nome juliano, lembrando o calendário lendário criado pelo imperador romano de mesmo nome.

Por isso, Juliane Oliveira, tudo indica que estes 25 anos são apenas um marco de uma vida frutífera, como toda Oliveira é e será!

Rendo-me aos seus pés…

Por João Georgios Ninos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s