#na ponta de um Nariz Vermelho


Confissões de um (palhaço)

apaixonado

[com adaptações de Julika – essa aí do lado]

Olá, criançadaaaa!!!
Vocês estão rindo da
minha cara, né?
Vocês já tiveram
uma cara assim!
Se não tiveram,
ainda vão ter!
É cara de quem tá amandooo!!
E eu vou dizer pra vocês
o que é que estou sentindo!
Por mais
que a queda
seja terrivel,
Sim! Eu quero escalar
essa montanha de algodão doce!
Me agarrar a esses cabelos!
Inventar apelidinhos ridículos:
“Cadê o bizuquinho da fofucha?
Cadê? Não! Desliga, você! Não! Você!”

[…]
No fim, compartilhar
a mesma escova de dentes,
Por mais estupido
e anti-higiênico
que seja,
Afinal
Quem ama,
Divide até as mesmas bactériaaas!!!

Clique aqui pra conhecer o original no Blog do Poetas do Tietê

2 comentários sobre “#na ponta de um Nariz Vermelho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s