Um mergulho no Tapajós


Tudo depende da maneira como as coisas são observadas. Pra uns tragédias. Pra outros um mergulho no Tapajós, na frente da cidade – como faziam os nossos avós antes do asfalto e dos prédios comerciais.

Por Emano Loureiro
Por Emano Loureiro
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s