Chove chuva…chove sem parar!!!


Tapajós cheinho até a Lameira. Famílias desabrigadas e a Defesa Civil de um lado pro outro. Saudade de quando chovia e a gente podia sair de casa pra brincar na rua, pular nas poças de água e essas coisas. A mãe ficava gritando na janela – acho que já tinha esquecido o quanto é bom ser criança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s