O que é insuficiente no Brasil?


Estava me preparando pra responder essa pergunta no site do Estadão, numa materia entitulada de Acesso a aborto legal é insuficiente, diz especialista. Mas só dá pra comentar logado e eu nao me cadastrei lá, então vai aqui mesmo as respostas pra essa pergunta.

3132501613_20ac1d59ea_bgif

A reportagem, como sugere o título, aponta que o número de unidades pra prática ‘legal’ do aborto ainda é insuficiente no Brasil – como se as pessoas procurassem esses lugares pra prática de algo que é ‘condenado’ pela igreja e ainda não se tem uma clareza de ser ou não certo interromper um ciclo, as vezes não tão natural das coisas. 

“Mais de 200 mil menores de 14 anos deram à luz nos últimos dez anos no Brasil. Os dados foram tabulados pelo jornal O Estado de S. Paulo com base em atendimentos no Sistema Único de Saúde (SUS). O número esconde uma realidade pouco estudada, em que a iniciação sexual precoce se mistura a casos de violência sexual – nos quais o aborto está previsto na legislação, mas se mostra pouco acessível na prática. No País, são 523 serviços habilitados a fazer aborto legal, número que é considerado baixo por especialistas” – diz a reportagem.

A insuficiencia do nosso governo está justamente em não resolver os seus problemas começando pelo ‘começo’. O aborto é uma consequencia de dois problemas sociais: os nossos meninos e meninas estão começando a fazer sexo muito cedo, sem conhecimento mesmo de suas responsabilidades e riscos e cada vez mais meninos e meninas são violentados e acontece o que aconteceu pras bandas do nordeste. A reportagem aponta ainda que o Norte e o Nordeste do país são as regiões aonde é maior o caso de meninas ‘novinhas’ grávidas.  O segundo problema social do Brasil é que não temos esses mesmos meninos e meninas nos bancos de escola estudando quatro horas por dia e aprendendo o beabá de todo dia. Temos meninas e meninos nas faixas de pedestres pedindo esmolas, meninos e meninas vendendo o proprio corpo pra comprar o que comer e meninos e meninas que se entregam as drogas porque não tem perspectiva alguma de uma vida melhor.

Não digo que o governo é culpado disso – não sozinho. Essa coisa de falta de escola, precariedade na saúde e etc é uma lamentação antiga e que ainda vai demorar muito pra amenizar. Mas por que que o nossos governantes não fazem uma campanha de inclusão na educação infantil, assim como faz pro ensino superior? Se isso acontecer e perdurar, garanto que diminue o número de crianças de prostituindo. E o número de papais e mamais adolescentes também vai diminuir consideravelmente – porque escola tem que ensinar o povo a ter o pé no chão e esperança de melhoria, e não apenas a fazer contas e o b-a= bá.

Enquanto o Brasil resolver seus problemas de trás pra frente e dá o peixe pro povo, mazelas como gravidez na adolescencia e outras, que se transformam em um ciclo vicioso e sem solução, ainda vamos ter muito o que ver e ouvir. Espero que ao invés de aumentar o número de clinicas legais de aborto, o governo aumente o acesso às escolas, o número de leitos nos hospitais, o número de parques, de ônibus e metrôs nas cidades, de emprego, de grupos de orientação, de acesso aos direitos e deveres dos cidadãos. Se fizer isso, não vai precisar aumentar o numero de clinicas e  nem de cadeia.

Anúncios

Um comentário sobre “O que é insuficiente no Brasil?

  1. Cleiton disse:

    Cara amiga, tu tens uma visão um pouco romântica e minimalista do problema/assunto aborto.

    Por estes dias recebi um email, digamos, meio que tendencioso para o lado contrário do aborto, se a mãe de “Roosevelt” (ex-presidente famoso americano) tivesse abortado na gestação do mesmo após ter tido vários filhos com deficiências.
    O cerne da questão não é o “E SE”, pq se fosse isso, outra pessoa tomaria o lugar, uma vez que não param de nascer pessoas, isto é impossível; a questão principal eu acredito que está centrado no fato do que podemos chamar de “vida”?
    É ter energia em casa? água tratada?comida?educação?acesso a transporte?moradia?saúde?
    O ser humano não é um animal, ao qual se “pari” e depois de 1 ou 2 meses ele praticamente vive sozinho. A raça humana precisa de anos dedicados a fio para sua criação e formação e nao vou me aprofundar mais no assunto no momento.
    Acredito piamente que o aborto, na conjuntura mundial, representa não só controle populacional, como o de saúde bem como o da criminalidade e crescimento e amadurecimento das pessoas. Nâo que isso seja bom, mas chegar na realidade proposta pelo seu texto vai demorar, e enquanto isso temos que cuidar de quem nós podemos, lugar de criança não é na rua, não em favela, não em sinaleiros. É na escola, no conforto do lar, debaixo do calor de um cobertor, é poder brincar com os amigos…
    a vida é cheia de opções, e eu acredito que cada um sabe o peso das atitutes de tomam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s